segunda-feira, 4 de junho de 2018

Renda passiva de maio de 2018

Olá amigos, tudo certo? Como de costume, publico aqui os resultados da minha "holding" do último mês.

Esse mês novamente foi bem forte e consegui um resultado que é quase um recorde, por conta dos ótimos pagamentos de ações e fundos imobiliários. Junho como eu já falei anteriormente, será mais fraco, pois acho que nenhuma empresa paga... Mas o importante é a média se manter forte.

Bom, seguem abaixo os dados de renda passiva de maio e o resultado acumulado parcial do ano:


RENDA PASSIVA DE MAIO DE 2018: R$ 2.703,64
RENDA ACUMULADA PARCIAL 2018: R$ 9.273,39

VARIAÇÃO DA RENDA DE MAIO 2018 X MAIO 2017: +68,6%
VARIAÇÃO DA RENDA ACUMULADA EM 2018 X ACUMULADA 2017: +52,4%



Resultado até então tem surpreendido bastante positivamente, mas o segundo semestre será bem desafiador, pois no segundo semestre de 2017 a Unipar pagou uma "bolada" que ajudou muito, isso não se repetirá, mas ainda assim estou confiante que conseguirei superar os resultados do ano passado.

E vamos rumo à IF! Abs!

sábado, 12 de maio de 2018

Renda passiva de abril de 2018

Olá amigos, tudo certo? Me atrasei um pouco este mês, mas como de costume, tirei um tempo para divulgar minha renda passiva do mês de abril.

Esse mês particularmente foi bem forte, pois várias ações do meu portfólio pagaram, e esses rendimentos se somaram com os dos fundos imobiliários, trazendo um resultado mais gordo no mês.

Maio deve ser um mês forte também, porém junho deve ser bem fraco, pois acho que quase nenhuma empresa pagará dividendos, infelizmente...

Bom, seguem abaixo os dados de renda passiva de abril:


RENDA PASSIVA DE ABRIL DE 2018: R$ 2.518,29
RENDA ACUMULADA PARCIAL 2018: R$ 6.569,75

VARIAÇÃO DA RENDA DE ABRIL 2018 X ABRIL 2017: +62,8%
VARIAÇÃO DA RENDA ACUMULADA EM 2018 X ACUMULADA 2017: +46,5%



Até o momento o resultado tem sido muito forte, acima do que eu esperava, mas tem que considerar também que o primeiro semestre do ano passado foi fraco, e o segundo foi extremamente forte, sendo que não será nada fácil superar a renda passiva recebida no segundo semestre do ano passado.

Mas vamos em frente. Abs!

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Renda passiva de março de 2018

Sei que o blog serve de inspiração para muita gente, então vou sempre tentar passar aqui para atualizar a renda. I promise. :)

Para aqueles que estão começando e pensam que tem pouco, ou que os dividendos são ainda muito pequenos, olhem para os primeiros dividendos que eu tomei nota, lá por 2010, e vejam que eu recebia centavos em alguns meses. No começo é assim mesmo, o que importa é a disciplina de fazer o bolo crescer através dos aportes e do reinvestimento de dividendos.

Apesar de desanimar alguns, aqueles dividendos pequeninos me faziam ter animo de querer aportar mais e economizar mais, pois eu sabia que um dia eles cresceriam, e ainda pretendo fazê-los crescer muito mais.

Seguem abaixo os dados de renda passiva de março de 2018:

RENDA PASSIVA DE MARÇO DE 2018: R$ 1.368,76
RENDA ACUMULADA PARCIAL 2018: R$ 4.051,46

VARIAÇÃO DA RENDA DE FEVEREIRO 2018 X FEVEREIRO 2017: +7,8%
VARIAÇÃO DA RENDA ACUMULADA EM 2018 X ACUMULADA 2017: +38%

Renda passiva do mês de fevereiro de 2018

Olá amigos, infelizmente não tenho tido tempo para o blog ultimamente, mas para não deixar o projeto para trás, continuarei fazendo os posts pelo menos para atualização da renda passiva.

Por isso, vou postar aqui a renda passiva de fevereiro e em seguida faço um novo post para a renda de março.

Abaixo seguem os dados de fevereiro:

RENDA PASSIVA DE FEVEREIRO DE 2018: R$ 1.344,79
RENDA ACUMULADA PARCIAL 2018: R$ 2.682,70

VARIAÇÃO DA RENDA DE FEVEREIRO 2018 X FEVEREIRO 2017: +70%
VARIAÇÃO DA RENDA ACUMULADA EM 2018 X ACUMULADA 2017: +60,9%

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Renda passiva de janeiro de 2018

Olá amigos. Estive totalmente sem tempo ultimamente e por isso acabei atrasando bastante a divulgação da renda passiva deste mês, mas antes tarde do que nunca, então lá vamos nós com os números de janeiro de 2018.

Em janeiro de 2018 minha renda passiva atingiu R$ 1.337,91, o que representa uma evolução de 52,5% em relação ao mês de janeiro de 2017! Considero uma ótima evolução, e uma mudança de patamar.

No ano a renda portanto está em R$ 1.337,91.

Os meses de janeiro e fevereiro de 2017 foram bem fracos, mas ao mesmo tempo, 2017 teve outros meses extremamente fortes, com "eventos não recorrentes", que dificilmente irão se repetir, então realmente não sei se será possível superar a renda de 2017 neste ano. Vou fazer de tudo para conseguir, mas sei que não será nada fácil.

E que venham os dividendos de fevereiro e março, e que sejam cada vez maiores, para todos nós!

E vamos seguindo rumo à IF!


segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Renda passiva de dezembro e total 2017

Mais um ano chegou ao fim, e agora já iniciamos 2018, mais uma chance que temos para não repetir erros e melhorar em inúmeros aspectos que ainda temos de evoluir.

Posso dizer que este ano foi um ano muito bom para mim, principalmente em termos financeiros, e espero que 2018 seja ainda melhor, e é claro, que todos nós estejamos ainda mais próximos da independência financeira neste ano que se inicia.

Para isso, foco nos aportes, nas economias, e nos investimentos. Não é muito fácil ter de abdicar de conforto e muitas vezes do lazer para fortalecer o plano de Independência financeira, mas eu acho que vale muito à pena! :)

Bom, mas vamos ao que interessa: Renda passiva de 2017

2017 foi o ano em que minha renda passiva atingiu um recorde, com um crescimento bastante expressivo em relação ao ano de 2016, e isso é extremamente animador, pois me faz ter convicção de que estou no caminho certo!

Em 2017 a minha renda passiva atingiu R$ 18.921,84, ou seja, um valor cerca de 69,4% superior a todo valor de 2016, que foi de R$ 11.173,91.

Neste último mês em especial (dezembro) a renda passiva sofreu um incremento absurdo, pois a EZTec distribuiu um dividendo inesperado de mais de R$ 2,60 por ação, e a Unipar também pagou mais uma parte de seus dividendos que anunciou lá por agosto.

Os fiis também pagaram bem neste mês, e ainda teve mais um pouquinho de outras ações. Somando tudo isso, a renda de dezembro atingiu R$ 3.106,42, o recorde histórico de uma renda mensal, e um valor cerca de 214% maior que o de dezembro de 2016.

Claro que esses valores foram não recorrentes e dificilmente se repetirão em 2018, mas farei de tudo pra que a renda continue crescendo, aportando, reinvestindo e escolhendo boas opções de investimentos para "compensar" um 2018 mais desafiador.

Espero que este novo ano seja muito bom para todos nós em termos de renda passiva, e que a gente consiga continuar evoluindo a renda passiva e por consequencia o patrimônio!

Obrigado a todos que acompanharam o blog, e desejo saúde, felicidade, paz e é claro, muitos dividendos em 2018! E vamos rumo à IF!




sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Renda passiva de novembro de 2017

Mais um mês que se encerra e lá estamos nós indo pro final de mais um ano, e como de costume, hora de postar a renda passiva do mês de novembro que se encerrou ontem.

Tive um mês de novembro muito forte, pois recebi dividendos de XPOM11, que embora não tenha pago tanto quanto no ano passado, ajudou bastante o resultado do mÊs, além de dividendos de ações e é claro, os FIIs.

Sendo assim, minha renda passiva de novembro foi de R$ 2.111,73, o segundo maior resultado de um mês na história, ficando abaixo apenas de agosto desse ano, quando a Unipar pagou aquela bolada não recorrente.

Essa renda de R$ 2.111,73 representa um avanço de mais de 45% em relação a novembro de 2016. Um avanço muito bom, que me anima cada vez mais. É muito bom ver os frutos de nosso esforço, dedicação e disciplina. É muito animador e entusiasmante.

O resultado acumulado de 2017 está em R$ 15.815,42, o que já é por si só um valor cerca de 41,5% maior que todo o resultado de 2016. Se o ano acabasse hoje, minha renda passiva teria uma média mensal de R$ 1.317,95, o que é um valor que já é maior que a média de aportes que realizei até hoje.

Esse valor representa 140% de um salário mínimo. A renda passiva obtida em 2016, que foi de uma média de R$ 937, representava 106% de um salário mínimo.

Sempre devemos lembrar que, infelizmente, quase 70% dos aposentados brasileiros recebem um salário mínimo, então atingir esse valor e superá-lo acaba sendo simbólico, mas é óbvio que quero muito mais. :))

Dezembro ainda tem a outra parcela (menor) da Unipar, além de alguns dividendos de ações, e os FIIs que divulgaram seus rendimentos. Ao que tudo indica, vem mais um resultado atrativo em dezembro e devo fechar o ano em recorde "disparado".

É isso aí pessoal. Vamos que vamos, sem desistir (igual os micro investidor kkk), rumo à IF!


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Renda passiva de outubro de 2017

O tempo passa mesmo muito rápido, né? Já estamos chegando no final de mais um ano, e parece que esse ano mal começou. Negócio absurdo.

Mas vamos ao que interessa: A renda passiva de outubro de 2017 e o acumulado no ano. :)

Em outubro de 2017, minha renda passiva atingiu o valor de R$ 1.006,83. Esse valor representa um avanço de cerca de 23,5% ante outubro de 2016, quando a renda passiva ficou em R$ 817,00.

No ano, a renda passiva parcial acumulada ficou em R$ 13.703,69, e já está mais de 22% acima de toda renda atingida em 2016, que foi de R$ 11.173,00.

Eu espero sinceramente que novembro seja um mês melhor que o de outubro, já que em outubro nenhuma ação pagou dividendo, e o que sustentou esse rendimento foram apenas os FIIs. Os FIIs de papel inclusive estão pagando rendimentos bem baixos, ainda muito por causa da deflação acumulada e também pela queda do CDI, e isso tem me prejudicado, mas tudo bem, em geral ainda estou tendo crescimento na renda passiva.

Em novembro o FIP XPOM11 deve pagar alguma coisa, e se pagar, ajudará bastante o resultado. Em dezembro tem uma boladinha da Unipar pra entrar também, ainda reflexo daqueles dividendos monstruosos que ela anunciou esse ano, então eu espero que as coisas fiquem ainda melhores.

Abraços e rumo à IF!

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Renda passiva de setembro de 2017

Mais um mês que se inicia e é hora de divulgar a renda passiva referente ao mês de setembro, que veio relativamente boa, representando um avanço atrativo ante um ano antes. :)

A renda acumulada em 2017, até o final de setembro, ficou em R$ 12.696,86, um patamar que já representa um valor quase 15% maior que todo o valor acumulado em 2016.

A renda de setembro, sendo assim, ficou em R$ 1.407,13, um valor cerca de 57% maior que o obtido em setembro de 2016. Este mês foi impactado por um dividendo pago pela EZTec (EZTC3) que pagou R$ 1,0922 por ação, o que representou em valores absolutos cerca de R$ 370,00. Sem dúvidas ajudou bastante, mas em novembro, onde a empresa normalmente pagava, ficarei com essa "lacuna"...

Não tem sido fácil reinvestir os dividendos ou aportar os novos valores, visto que a bolsa tem subido bastante, mas vamos ficar no aguardo, as oportunidades costumam aparecer com certa frequência :)

Vamos que vamos rumo à independência financeira. :)

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Renda passiva de agosto de 2017

Esse mês de agosto a minha renda passiva atingiu um recorde histórico, patamar nunca obtido antes, influenciada principalmente por um dividendo extraordinário e não recorrente da Unipar de mais de R$ 3,34 por ação pago neste mês passado, e com uma parcela remanescente a ser paga em dezembro.

Sendo assim, minha renda passiva atingiu em agosto R$ 3.028,89, representando um avanço de cerca de 211% em relação ao mesmo período do ano passado.

Além da Unipar, outros ativos colaboraram para esse excelente resultado, como BB Seguridade, Taesa, Itaúsa, dentre outras empresas...

Com esse resultado em agosto, o total atingido até o momento no ano foi de R$ 11.289,73, um resultado já superior a todos os dividendos atingidos no ano passado. Sensacional. :)

Esses dividendos, inclusive, se dividirmos por 12, já representa mais que a média de aportes realizados por mim até o ano passado, onde a média era de cerca de R$ 900,00. Caso o ano se encerrasse hoje, a média de renda passiva já seria de R$ 940 por mês. 

É claro que esse dividendo da Unipar distorceu bastante o resultado do mês, o que não se repetirá tão cedo, mas ainda assim, esse resultado dá um ânimo a mais no investidor...

Investindo mês a mês e reinvestindo todos os dividendos, qualquer um poderá chegar lá. Fico feliz em já ter superado toda a renda de 2016 já agora no mês de agosto, e ainda faltam mais 4 meses para o final do ano, trazendo uma boa possibilidade de um crescimento expressivo na renda passiva. :)

E que venham os pingados de setembro, e vamos que vamos, rumo à IF!

Abraços amigos!

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Renda passiva de julho de 2017

Julho foi um mês um tanto fraco para meu fluxo de renda passiva, representando um valor muito abaixo do verificado nos últimos 3 meses. Essa queda de recebimentos se deu por alguns fatores, como a deflação, que tem impactado fortemente os resultados de fundos de papel, assim como os reajustes de fundos imobiliários.

Ainda, o principal motivo da renda deste mês ter sido mais baixa foi porque praticamente não recebi dividendos de ações, apenas cerca de R$ 25,00 da ITSA4 no início do mês.

Mas vamos ao que interessa, aos números:

Renda Passiva de julho de 2017:  R$ 893,03

Renda Passiva 2017 (Resultado base caixa): R$ 8.260,84

Como podemos ver, minha renda passiva recuou. Ainda assim, esse resultado foi cerca de 10% maior que o resultado obtido em julho de 2016, quando a renda passiva verificada foi de R$ 811,40.

Quando comparo a renda parcial acumulada em 2017 com toda a renda de 2016, podemos notar que o atual valor atingido representa cerca de 74% sobre todo o valor obtido em 2016, que foi de R$ 11.173,91.

Para compensar o 'fracasso' de julho, vem coisa boa pela frente. Recentemente a Unipar anunciou dividendos extraordinários de cerca de R$ 4.64 por ação. Esses proventos vão impactar fortemente meus resultados de agosto. Isso sem falar nos FIIs que divulgaram alguns rendimentos interessantes e deverão também ajudar o resultado de agosto....

Bom, por hora é isso. Abraços e rumo á IF!

terça-feira, 4 de julho de 2017

Renda Passiva de junho de 2017

Mais um post de renda passiva chegando e um mês novo que se inicia e para manter o hábito, hora de atualizar os dados de renda passiva do ano.

A renda passiva do mês de junho foi relativamente boa, mas ficou abaixo do esperado, por conta de alguns dividendos menores (fruto do IGP-M) e o não pagamento integral (ainda) do dividendo anunciado pelo XPOM11.

Assim, a renda do mês de junho ficou em R$ 1.282,26, representando um avanço de quase 56% frente o mesmo mês de 2016, o que representa um resultado muito interessante.

Comparando a renda acumulada no 1S17 ante 1S16, vemos que a renda evoluiu de R$ 5.156,62 no 1S16 para R$ 7.367,82 no 1S17, o que representa uma evolução de cerca de expressivos 42,9% e é um recorde para um primeiro semestre da carteira Viver de Dividendos e Rendimentos.

Esses valores obtidos no primeiro semestre equivaleram a uma renda média de R$ 1.227,97 ao mês, contra uma média de R$ 859,43 no mesmo período do ano passado. Esse valor de R$ 1.227,97 equivale a cerca de 131% de um salário mínimo de R$ 937,00, que por sua vez, é o valor recebido por cerca de 70% dos aposentados do INSS.

Cada fim do mês e o dia que atualizo a renda passiva, vejo como é gratificante ter paciência e disciplina de continuar regando a minha árvore de dividendos e fazendo-a crescer mês após mês e ano a ano.

Não é rápido, nem muito fácil, mas aos poucos  a gente chega lá.

Abraços e rumo à IF!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Vale a pena investir em ações do Itaú? (ITUB4/ITUB3)



A Suno Research (www.sunoresearch.com.br) divulgou recentemente um belíssimo relatório gratuito avaliando o Banco Itaú, que por sua vez, é o banco mais rentável do planeta.

Gosto bastante do Banco Itaú, tanto como correntista ou investidor, e compro Itaú através de Itaúsa, e portanto, estou encaminhando este relatório aqui no blog para os interessados.

Acho que é um material bastante enriquecedor em termos de informações para aqueles investidores que sempre tiveram dúvidas se vale ou não apena investir em ações do Itaú, que é, em minha opinião, o melhor banco brasileiro.

Segue o link do relatório, para acessá-lo o leitor deverá entrar com seu e-mail e apenas isso:

https://www.sunoresearch.com.br/artigos/vale-a-pena-investir-no-itau-unibanco-itub3-itub4/

Bom, por hora é isso, abraços!

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Renda passiva de maio de 2017

Esse mês de maio a minha renda passiva obteve uma nova evolução importante, atingindo o valor de
R$ 1.602,62, sendo, portanto, o recorde já atingido na série histórica.

Esse valor representa uma evolução de  cerca de 34% frente ao mês de maio de 2016. Com esse valor, o total acumulado no ano até o momento é de R$ 6.085,56, um valor 40,40% mais alto que o obtido nos 5 primeiros meses de 2016.

É impressionante ver o resultado dos juros compostos e da disciplina de aportar, mesmo que seja pouco, pois esse valor representa uma evolução de quase 140% sobre o mesmo valor obtido nos primeiros 5 meses de 2015, há 2 anos atrás, o qual o valor obtido com proventos foi de R$ 2.582,91. 

É sensacional também notar que esse valor já é 86% superior a todo valor obtido de renda passiva em 2013. 

Por isso que eu digo meu amigo, o começo é doloroso, mas os frutos vem. No meu caso a renda passiva e o fluxo de caixa ainda são baixos, mas quanto mais crescem, mais rapidamente eles evoluem.

É isso aí, obrigado e continuemos na estrada da Independência financeira. Não pra parar de trabalhar totalmente, ou largar suas atividades, mas sim pra ter mais tempo e maior flexibilidade.

Abraços!! 


sábado, 29 de abril de 2017

RENDA PASSIVA ABRIL DE 2017 E ACUMULADO 2017

Olá a todos os amigos que acompanham o blog. Como já informei este mês, o companheiro Mestre dos Dividendos tomará conta do Ranking de renda Passiva, e portanto, agora o Ranking será divulgado no blog dele: http://mestredosdividendos.blogspot.com.br/

As regras continuam praticamente as mesmas, com alguns complementos por parte do MdD. Fico feliz em saber que o ranking não irá parar e o projeto deverá continuar, incentivando todo mundo a focar mais em renda passiva, e menos em patrimônio!

Bom, por mais que esteja sem tempo para cuidar do ranking, como prometido, arranjei um tempo e continuarei tendo tempo pra postar minha renda passiva mensal, acompanhamento mês a mês e parcial anual, então vamos aos números:

A renda passiva no mês de abril de 2017 bateu um recorde, atingindo R$ 1.546,53, o que representa uma evolução de cerca de 71% em relação a abril de 2016, ou seja, o maior patamar já atingido num mês na história da minha carteira.

Essa renda atingiu esse valor mais expressivo por conta dos JCP pagos pela Grazziotin, no valor líquido de R$ 0,99 por ação e também pelo pagamento da Itaúsa no início do mês, além dos rendimentos dos fiis recorrentes.

Dessa forma, a renda acumulada em 2017 está em R$ 4.482,94, o que representa uma evolução de aproximadamente 43% ante os primeiros 4 meses de 2016.

Maio também deverá ser um mês forte, e talvez atinja um novo recorde, já que os FIIs anunciaram bons rendimentos, em especial XPGA11 que resolveu distribuir seus lucros acumulados e anunciou uma bolada de R$ 4,17 por cota. Os demais FIIs também em geral foram bem, e assim talvez atinja um novo recorde em maio.

Então por hora é isso pessoal,  vamos continuar na luta e rumo à IF!

Abraços